bandeiras tarifárias

Bandeiras tarifárias, todo mundo paga por elas, mas você entende o que são e por que existem?

Posted on Posted in posts

Você já se perguntou o que é aquela linha na sua conta de energia? Aquela que informa o acréscimo (ou não) das bandeiras tarifárias?

 Diferentemente do que muita gente pensa, aquele valor não é uma multa provindo dos seus gastos no período. O valor final desta tarifa depende sim de quanto você gastou no período, mas fique tranquilo porque ele não apareceu ali por você estar gastando demais.

Na verdade as bandeiras tarifárias surgiram há alguns anos e sua cobrança foi iniciada em 2015 através da Resolução Normativa n°547/13. Elas surgiram para combater um problema bastante sério do nosso país e que naquele momento estava sendo agravado por outros fatores. A falta de chuvas.

Vamos lembrar que somos completamente dependentes de energia elétrica para fazer o país funcionar. E isso aqui no Brasil tem bastante relação com uma coisa: Hidrelétricas! Elas suprem cerca de 60% de toda nossa demanda e fica até fácil de entender que a chuva tem um papel mais que importante sobre como vamos gerar energia elétrica em um determinado período.

Um dos aspectos positivos da geração por hidrelétricas é o baixo custo. Só que quando temos problemas com o clima e nossas usinas não conseguem operar da maneira que gostaríamos, temos que recorrer mais a nossas usinas térmicas (carvão, gás natural, óleo, diesel), que são, dentro da nossa realidade brasileira, muito mais caras de serem alimentadas e operadas para gerar a mesma quantidade que uma hidrelétrica geraria.

É daí que aparecerem as bandeiras tarifárias. Elas nada mais são do que correções em nossas contas para arrecadar a diferença do valor em períodos mais secos (em que mais térmicas estão em operação).

Quem indica o que vai acontecer no mês seguinte é a ANEEL e a bandeira em vigência pode ser sempre verificada no site: http://www.aneel.gov.br/tarifas

E o que significam as cores das bandeiras tarifárias?

  • Bandeira Verde: As condições para geração estão favoráveis – não há acréscimo na nossa conta.
  • Bandeira Amarela: Condições menos favoráveis para geração – As condições para geração estão menos favoráveis – Acréscimo de R$ 0,020* para cada kWh consumido do cliente.
  • Bandeira Vermelha: Condições custosas de geração – Patamar 1: Acréscimo de R$ 0,030* para cada kWh consumido, enquanto o Patamar 2: Acréscimo de R$ 0,045* para cada kWh consumido.

* O acréscimo ocorre em cima do preço da energia apenas (Tarifa de Energia – TE)

Mais informações sobre como conhecer o uso de energia dentro de sua empresa, acesse www.cubienergia.com ou para mais informações sobre o setor de energia no Brasil, acesse: www.cubienergia.com/blog

Se você quiser compartilhar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *