Gestão de Energia Elétrica

Como e por que praticar Gestão de Energia Elétrica?

Posted on Posted in posts

Quando se fala em gestão de energia elétrica, logo nos vem à cabeça medidas para economizar o consumo, tanto técnicas quanto comportamentais. No geral, este é o objetivo principal quando se quer fazer gestão energética , porém poucas vezes pensamos que isso pode ser feito de forma estruturada e embasada.

Gestão de energia, principalmente quando se trata de grandes consumidores, envolve os seguintes processos:

  • Medir o consumo de energia e coletar os dados relevantes.
  • Encontrar oportunidades para economizar energia e estimar a quantidade de energia que cada oportunidade pode economizar. Os dados medidos podem indicar desperdícios contínuos ou situações mais pontuais que geram desperdícios.
  • Atuar para atacar as oportunidades de economia. Normalmente atacar os maiores desperdícios primeiro.
  • Acompanhar o progresso ao analisar os dados medidos e tomar medidas de manutenção das melhorias aplicadas na etapa anterior.

O gerenciamento de energia é o meio correto para controlar e reduzir o consumo de qualquer organização, e isto é importante porque permite:

Reduzir custos – isso é cada vez mais importante à medida que os custos de energia aumentam.

Reduzir as emissões de carbono – as empresas estão cada vez mais interessadas em reduzir sua Pegada de Carbono para promover uma imagem e reputação robusta.

Reduzir o risco – quanto mais energia a organização consumir, maior será o risco de que o preço da energia ou a falta de oferta possam afetar seriamente a sua rentabilidade, ou mesmo impossibilitar a operação da empresa. Com o gerenciamento de energia, é possível reduzir esse risco, reduzindo e controlando a demanda de energia para torná-la mais previsível.

Além disso, é provável que surjam alguns alvos de redução de intensidade energética bastante agressivos que poderiam ser encontrados futuramente. Logo, a compreensão do gerenciamento efetivo de energia deve ser um aliado fundamental para atender essas metas.

Por isso é importante continuar analisando os dados de energia regularmente para verificar se as medidas tomadas estão sendo mantidas. É bastante normal que os empresas e indústrias não monitorados se tornem menos eficientes com o tempo: é de se esperar que o equipamento quebre ou perca a eficiência e que as pessoas esquecerão os bons hábitos de consumo que foram encorajados no passado.

Idealmente, a unidade de gerenciamento de energia será um esforço contínuo para encontrar novas oportunidades de economia, atacá-las e acompanhar seu progresso na obtenção de economias de energia contínuas. Gerir o consumo de energia não precisa ser um trabalho desgastante, mas os resultados são muito melhores se este esforço estiver sempre presente e integrado nos processos normais da organização.

A CUBi oferece a solução completa para a Gestão energética com monitoramento contínuo. Solicite uma visita e identifique as oportunidades que o sistema pode oferecer!

Se você quiser compartilhar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *