consumo energético

Por que você gerencia o consumo energético do seu celular e deixa sua indústria de lado?

Posted on Posted in posts

Energia elétrica está presente em quase todas as situações que enfrentamos no dia dia. Ela é tão onipresente que muitas vezes passa despercebida. Por isso, a gestão de energia, que também deveria ser onipresente, fica muitas vezes de lado.

Um exemplo clássico de que muitas vezes somos obrigados a gerir nossa demanda de energia é o celular. Quem nunca viu a imagem de pessoas sentadas em volta de uma tomada para recarregar a bateria dos celulares, computadores e tablets? Isso nada mais é do que um efeito da gestão de energia levado ao nível da pessoa física.

 No caso do celular temos vários artifícios ara gerir sua energia; como a bateria externa, o modo economia de energia, os aplicativos que otimizam as funcionalidades e também a mudança no próprio comportamento do usuário. Apesar de todos os artifícios citados anteriormente, existe um em particular que é fundamental para que estejamos aptos a utilizar todos os outros: a medição de energia.

 Traçando um paralelo com sistemas industriais, é raro encontrar indústrias que possuam sistemas de medição, como nossos celulares. É muito comum vê-las tentando gerenciar seu consumo energético através das faturas da distribuidora de energia. Agora imagine você tentando gerenciar sua bateria do celular sabendo seu consumo de bateria apenas no final do dia.

Sem um sistema de medição dinâmico e acessível a gestão fica comprometida e baseada em aproximações que nem sempre refletem a realidade. É assim que a maior parte da pequena e média indústria faz a gestão de sua energia.

A CUBi oferece soluções de baixo custo para democratizar o acesso à gestão de energia no Brasil, fazendo com que empresas entendam seu consumo energético. Chega de tentar adivinhar. Entre em contato para saber mais!

Se você quiser compartilhar:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *