Skip to content

Curiosidades da Energia Elétrica: 3 Fatos que você não sabia

Coisas que você nunca desconfiou sobre energia elétrica. Veja abaixo três curiosidades da energia elétrica.

1 – Parte do sistema energético é um monopólio controlado

Parte do sistema elétrico é um monopólio regulado por agências reguladoras nacionais, como a ANEEL. Hoje parece óbvio, mas nem sempre foi assim. Nos Estados Unidos as etapas de Transmissão e Distribuição não eram monopólios até o meados do Século XX. Dessa forma cada empresa geradora de energia deveria construir seus próprios meios de distribuir a energia para os consumidores. Com a popularização do uso da energia elétrica, essa prática ficou inviável. Imagine ter mais de 4 empresas oferecendo energia elétrica e colocando os respectivos postes nas ruas. Curiosidades

energia elétrica
New York City, 1920.

2 – A energia pode ter preço negativo

Você já imaginou ser pago para consumir energia? Com a crescente competitividade de geração de energia alternativa – e consequentemente sua maior participação no mercado – emergem outros desafios para o setor elétrico. Muitas fontes provém de fenômenos naturais que podem ser imprevisíveis ou com pouco ou nenhum controle do homem. Por exemplo, energia solar, eólica e geotérmica. Curiosidades

Apesar de conseguirmos prever a geração média com boa precisão, é difícil prever quando e quanto usinas dessas tecnologias irão gerar em um determinado período do dia. Devido a essa imprevisibilidade, essas usinas estão sujeitas a gerar energia em horários em que ninguém está usando. Um exemplo recorrente é a geração em usinas eólicas que costumam produzir quantidades significativas de energia durante a madrugada. Período em que não há muita demanda.

A partir daí o mercado regulará o preço pela sobre-oferta, o que pode gerar preços negativos. Esses valores negativos não chegam aos consumidores finais pois são normalmente absorvidos pela distribuidora no mercado de energia entre concessionárias e geradores. Curiosidades

O ponto importante nesse tópico é que a aplicação de energias alternativas está intrinsecamente ligado ao desenvolvimento de tecnologias de armazenamento de energia. Caso contrário, eventos como esse serão cada vez mais recorrentes. Curiosidades

3 – O elétron mais caro do Brasil

A tarifa energética mais cara no Brasil é a do estado do Acre. Lá a ELETROACRE cobra a tarifa de R$ 397,00 por MW entregue para consumidores residenciais, já a região Sul do Brasil tem a menor média de tarifa: R$ 264,00 por MW entregue aos mesmos consumidores, equivalente a redução de 34% em relação à tarifa do Acre. A tarifa de valor dilatado se refere à dificuldade de manutenção e construção das linhas e baixa demanda no estado do Acre.

Ricardo Dias

Engenheiro ambiental e urbano pela UFABC e mestre em Sistemas Sustentáveis com ênfase em Energia pelo Rochester Institute of Technology. É co-fundador da CUBi e atualmente CEO.

Leave a Reply

Your email address will not be published.