Skip to content

Como saber se a oportunidade de melhoria em energia é viável?

Quando nos disponibilizamos a utilizar algum recurso para promover melhorias ou para reduzir custos, seja fixo ou variável, é interessante obter primeiramente um diagnóstico econômico de desempenho do produto, maquinário ou processo em questão e assim determinar os investimentos requeridos.

Para que haja uma redução no consumo de energia, o processo de escolha segue o mesmo padrão. Esse breve texto descreve alguns dos indicadores utilizados quando o assunto é eficiência energética.

Payback e ROI (Retorno do Investimento)

Sem sombra de dúvidas, estes são os dois indicadores mais utilizados na avaliação de um possível investimento. Payback é o termo que remete ao tempo necessário para que o investimento inicial seja retornado, de forma tangível ou intangível. Diferentemente, ROI é o retorno do investimento sobre qualquer investimento, não necessariamente o primeiro que foi feito. Ambos, por se tratarem de recursos a gastar, tem uma influência maior no momento da decisão por limitação da análise a períodos curtos ou que o investidor se sinta confortável com o risco. Diagnóstico econômico

Apesar de bastante utilizados, os dois podem levar a decisões imprecisas e incorretas se usados isoladamente, por levarem em consideração apenas o período de tempo proposto. O período de tempo aceito no mercado para investimentos em eficiência energética varia de 12 a 30 meses.

Análise de Engenharia

Em geral, as empresas não utilizam ou desconhecem ferramentas que possam identificar as oportunidades de projetos a serem realizados. Para que projetos sejam feitos de maneira coerente devem ser levados em consideração; a relação produção-consumo, energia não associada à produção e índices de consumo que compõe os custos energéticos e representam as reais oportunidades para a melhoria da eficiência. Diagnóstico econômico

Análise de Riscos

Como qualquer tipo de investimento, os de eficiência energética estão condicionados a riscos. Semelhantemente a análise de engenharia, a falta de conhecimento de métodos de avaliação e de adoção de critérios tem sido motivo para a rejeição de investimentos no tema em discussão. É necessária uma análise robusta de variáveis que influenciam diretamente nos custos como: análise de consumos atuais e idealização dos futuros, preço do combustível, preço do mercado energético, entre outros.

Sendo assim, para que uma oportunidade de melhoria efetiva não seja desperdiçada é necessário conciliar pelo menos os três indicadores citados, conhecendo ferramentas que permitam análises corretas, dominando os fatores que podem trazer incerteza para essa economia e entendendo os benefícios que a ciência energética traz. Diagnóstico econômico

Leave a Reply

Your email address will not be published.