reduzir consumo de energia

Reduzir Consumo de Energia – Qual o erro mais comum?

Posted on Posted in Conteúdo

O consumo de energia elétrica tem chamado cada vez mais atenção dos gestores comerciais e industriais. Principalmente devido à guinada nos preços da energia acima da inflação, muita gente que nunca leu minuciosamente uma conta de energia, agora se interessa nos detalhes. A preocupação é compreensível. Esse momento também é uma oportunidade para progredir com relação às práticas de gestão de energia em geral e aproveitar esse impulso para sair do ciclo virtuoso da eficiência energética aparente e de fato reduzir consumo de energia.

Mas o que é ciclo virtuoso de eficiência energética?

Fique tranquilo, não é nenhum termo conhecido nem famoso. Nós criamos esse termo para designar uma condição muito comum que encontramos no mercado de energia nesses 5 anos trabalhando exclusivamente com isso. Basicamente o termo se refere aos ciclos energéticos de intensificação e afrouxamento da quantidade de horas investidas com gestão energética (figura abaixo).

O gatilho é frequentemente acionado pela alta liderança que, ao analisar a estrutura de custos, nota que o custo energético está crescendo. A consequência operacional é a imediata redução do consumo de energia sem consolidar uma estratégia e processo para mantê-lo baixo. Dessa forma se caracteriza uma espécie de efeito rebote, onde todas as melhorias e ganhos recém obtidos são revertidos ao seu estado anterior de ineficiência. Este efeito é provocado pela falta de sistematização do processo de gestão energética.

E como reduzir consumo de energia?

As práticas de gestão tendem a equilibrar esse processo de ciclos energéticos e, principalmente, mitigar o efeito rebote. Com a implementação de um sistema de gestão energética a indústria identifica e implementa sistematicamente ações de eficiência energética. Usualmente, após aproveitar oportunidades de baixo custo, a indústria investe estrategicamente em oportunidades de eficiência que exigem alto investimento de capital e alto retorno. Por fim, o sistema de gestão energética deve ser incorporado à cultura da empresa de forma a virar parte fundamental da sustentabilidade e competitividade de seu negócio.

reduzir consumo de energia

Representação de padrão de consumo cíclico apresentado por consumidores industriais e comerciais. Elaborado pelos autores.

A sistematização do processo de gestão energética, portanto, é fundamental para que sua empresa não viva em ciclos energéticos, entre períodos de alta resiliência e alto risco. Um sistema de gestão é suficiente para nivelar a alta resiliência no tempo através de melhoria contínua e monitoramento de consumo em tempo real.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *