Pular para o conteúdo

Rateio de Energia em Propriedades Rurais

Já falamos aqui no blog da CUBi sobre a gestão de faturas de energia elétrica focada no setor rural, como também, sobre algumas das oportunidades de economia para o agronegócio. No entanto, não poderíamos deixar de falar também sobre a importância do rateio de energia em propriedades rurais, que sem dúvida alguma, abre um novo leque de oportunidades de economia e eficiência energética

O rateio de energia é basicamente a divisão do consumo de energia elétrica (seja por setor, local, área, responsável, gerente, máquina, etc.) com o objetivo de separar e analisar de maneira mais específica cada parcela de consumo de uma unidade. Assim, conseguimos dividir exatamente quanto cada uma dessas parcelas contribuem para os custos com energia de uma empresa, encontrando potenciais de economia mais assertivos.  

Aqui, o importante é ter em mente que, através da análises dos dados, é possível saber exatamente de onde estão vindo os maiores gastos com energia elétrica, onde estão os responsáveis pelo maior nível de multas, além de gerar uma visibilidade dos custos operacionais no fim do mês, que somente a fatura de energia não é capaz de fornecer.

Infográfico monitoramento de energia

Então, quando o rateio de energia se torna uma necessidade?

Você pode estar se perguntando: em que momento eu sei que minha a propriedade rural precisa do rateio de energia? A resposta está nas dores que você vai sentir ao realizar a gestão de energia, dependendo é claro da sua maturidade energética atual, mas no geral os principais sintomas são: 

  • Dependência das faturas de energia: você nunca sabe como o consumo de energia elétrica está se decorrendo no dia a dia da sua unidade rural até a fatura de energia chegar no final do mês, muitas vezes com um consumo fora do planejado e multas que não foram previstas à serem pagas;
  • Falta de visibilidade da origem do consumo: quando as faturas chegam você não sabe dizer exatamente de onde está vindo cada gasto, surgindo a seguinte dúvida: qual área ou setor está fazendo com o que o consumo seja mais alto ou estágerando mais multas? 
  • Dificuldade na alocação de recursos: com a falta de visibilidade do consumo fica difícil metrificar quais setores ou máquinas estão com a produção abaixo do esperado, ou necessitando de manutenção, o que faz com que a alocação de recursos seja feita de forma incorreta ou irregular. 

Se você conseguiu se identificar de alguma forma em um ou mais casos como os citados acima, está na hora de pensar em realizar o rateio de energia elétrica na sua unidade rural. Continue com a gente e falaremos mais sobre como realizar o rateio na prática. 

Case de Sucesso - Itograss

Como realizar o rateio de energia em propriedades rurais

Para que um rateio seja realizado de forma efetiva é preciso seguir alguns passos:

  1. Setorização da unidade: a unidade deverá ser dividida entre seus principais setores, locais, ou até mesmo máquinas, este último sendo frequente no caso de unidade agroindustrial. Um exemplo bastante comum aqui na CUBi é a separação entre o administrativo ou um escritório, com o setor de produção propriamente dito.
    Isso é imprescindível para unidades em que o consumo de energia de uma parte específica deve ser bem visível, como unidades de irrigação. Na irrigação ou gotejo, por exemplo, é muito importante saber o quanto e em quais horários o consumo da parte da irrigação está sendo feito, uma vez que somente essa parcela recebe o benefício de horário reservado, com tarifas mais baixas. 
  2. Instalação de medidores: agora que você já tem os setores ou máquinas da sua unidade separados, podemos aferir qual a participação de cada um desses setores no valor total final do consumo da unidade. Com os dados dos medidores, é possível documentar o consumo das áreas separadamente e, ao chegar a fatura de energia, conseguir medir de onde saiu o consumo total que está sendo faturado pela distribuidora.
  3. Plataforma que reúna os dados: Com as informações da leitura do medidor, documente a divisão realizada no passo 1) e qual o valor de consumo, demanda, fator de potência, etc. registrado. Podendo ser feito através do seu programa de planilhas, como o Excel ou Sheets, bem como um sistema de BI semelhante. 
  4. Sistema de gestão de energia: apenas medir as diferentes repartições da sua unidade não será suficiente para automatizar o processo de identificação de oportunidades, uma vez que o trabalho de leitura das informações diretamente do medidor ainda será manual e moroso, além de digitação desses valores e posterior análise e identificação de oportunidades de economia. Por isso, é necessário  escolher um bom software de gestão de energia, capaz de automatizar todos esses processos manuais, deixando para o gestor da unidade rural somente a tomada de decisão para ser feita através das informações já extraídas e refinadas.
Nova call to action

Como o rateio de energia de unidades rurais é realizado 

Aqui na CUBi oferecemos uma solução completa, com instalação de novos medidores de submedição ou o uso dos medidores já instalados da sua unidade rural, conectamos esses medidores ao nosso software e disponibilizamos todas as funcionalidades do KiP, nosso software de gestão de energia, usando os dados desses medidores.

Funcionalidades do KiP que são úteis no rateio de energia em unidades rurais:

  • Painel com visualização de todos os medidores seccionados, com sua contribuição no consumo total; 
  • Alertas em tempo real: imagina receber no seu celular e por e-mail um aviso cada vez que alguma máquina ou setor atingir um nível de consumo, demanda ou fator de potência fora do desejado? Através do KiP isso é possível. 
  • Exportação dos dados para posterior análise e apresentação dos resultados, como memória de massa dos medidores
  • Oportunidades de eficiência energética: No KiP temos algoritmos que, usando os dados de rateio dos medidores da sua unidade rural, é capaz de realizar cálculos de eficiência energética, trazendo já as ações recomendadas e o potencial de economia mensal daquela oportunidade.

E aí, gostou do nosso conteúdo sobre rateio de energia em propriedades rurais? Caso queira saber mais sobre como realizar o rateio de energia elétrica na sua unidade rural, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Matheus Campinho

Engenheiro eletricista pela UFMT. Atualmente cursa a especialização em comercialização de energia elétrica na UNINASSAU.

Nova call to action

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *